Cearáprev possui ouvidoria própria para atendimento a beneficiários

27 de agosto de 2020 - 14:01

As manifestações começaram a ser respondidas via sistema próprio no dia 03 de agosto

Os beneficiários da previdência do Estado possuem um canal próprio para atendimento. As demandas de manifestações dirigidas à previdência são, desde o dia 03 de agosto, respondidas pela Ouvidoria da Fundação de Previdência Social do Estado do Ceará (Cearáprev) vinculada à Secretaria do Planejamento e Gestão (Seplag).

A criação desse sistema próprio dá ao órgão mais autonomia e resolubilidade no retorno ao usuário.

“A ouvidoria tem um papel relevante no processo de aperfeiçoamento, inovação e evolução da Cearáprev, pois por meio dela nós vamos auscultar os nossos clientes e estes vão estar nos informando das suas frustrações e expectativas. Nós buscamos uma nova cultura de superação de perspectivas no serviço público, pois entendemos que o serviço existe para o outrem e que via de regra está fora da organização”, destaca João Marcos Maia, presidente da Cearáprev.

A ouvidoria é um canal de diálogo entre o cidadão e a Fundação de Previdência Social do Estado do Ceará onde é possível gerar manifestações, sugestões, elogios, reclamações, denúncias e solicitações.

Para a ouvidora da Cearáprev, Cynara Oliveira, o canal de atendimento é direto a pensionistas e aposentados do Poder Executivo do Estado. “Nosso objetivo é atender todas as demandas que recebermos, tempestivamente. Estamos preparadas para que todas as manifestações sejam prontamente equacionadas”, enfatiza.

As manifestações geradas são analisadas e levadas aos setores responsáveis para que haja uma apuração e a solução do que foi apresentado.

Aproximadamente 150 mil pessoas, entre servidores ativos, inativos, aposentados, pensionistas, reformados e reserva remunerada, formam a rede de consumidores dos serviços prestados pela Cearáprev.

João Marcos Maia ressalta que é para esse público que a ouvidoria deverá prestar um serviço de excelência. “Essas pessoas quando frustradas as suas expectativas vão encontrar na ouvidoria o canal certo para que a Cearáprev passe por processos permanentes de evolução.”

Ele destaca ainda que a ouvidoria é muito mais do que receber reclamações e resolvê-las; é entender em qual área está o gargalo que gerou a reclamação. “Muito importante é a informação que está por trás da reclamação porque na hora que alguém reclama que o seu processo está demorando é papel da diretoria de desenvolvimento institucional fazer o diagnóstico do porque da demora. Existem fatores que estão por trás, que estão gerando aquele mau desempenho então ao reclamar, ao informar a Cearáprev, por meio da ouvidoria, que ela não está tendo as suas expectativas atendidas nós dentro da diretoria de desenvolvimento institucional vamos diagnosticar e resolver o problema não de uma pessoa, mas de todas as pessoas que estão insatisfeitas com aquela questão”.

O prazo de resposta no Ceará, amparado pelo Decreto nº 30.479/2011, para a conclusão da manifestação é de 15 dias, podendo ser prorrogado por igual período mediante justificativa.

“Resolver o problema pontual de A, B e C por meio da ouvidoria é muito pequeno, na verdade queremos resolver o problema do seguimento que está representado por aquela reclamação. Só 4% reclamam, mas cada reclamação dessa resolve o problema de muitos se for feito o tratamento adequado, sistêmico , preciso, em função do diagnóstico. Onde é que se faz isso no Brasil? Em lugar nenhum . O Ceará vai ser o pioneiro na implantação da ouvidoria como alavanca da modernização e desenvolvimento institucional de uma fundação que está acabando de nascer. Nós estamos implantando”, conclui.

Contatos Ouvidoria Cearáprev
Telefone: (85) 3108.0140

E-mail: ouvidoria@cearaprev.ce.gov.br